A Matemática na Educação Infantil

A Matemática na Educação Infantil

ed. infantil

Um dos problemas identificados nos currículos da Educação Infantil diz respeito à maneira como os conhecimeneducacao-infantiltos matemáticos básicos, como a construção do conceito de número, são trabalhados pelos professores.

O conceito de número se acha diretamente ligado ao de conjunto. A noção de conjunto é uma ideia simples e intuitiva, de uso comum na vida diária, que designa uma coleção de objetos ou elementos. Todo objeto ou elemento pertence ou não pertence a um conjunto determinado. Por sua vez, os conjuntos são passíveis de comparação e ordenação, relacionado-se os elementos que os constituem.

O conceito de número deriva das relações estabelecidas entre os elementos de um mesmo conjunto ou entre conjuntos distintos. Os  autores piagetianos,  tais como Constance Kamii,   partem da ideia de que o conceito de número é resultado da formação e sistematização, na mente infantil, de duas operações lógicas: a classificação e a seriação. Assim, por exemplo, o número 6 resulta da síntese de classificar vários conjuntos cujos elementos se correspondem em sua totalidade, com esta quantidade e de ordená-los numa série, criada da mesma maneira, depois do conjunto que ocupa o 5o. lugar.

Desta maneira, mais relevante do que ensinar as crianças a memorizar os numerais, é trabalhar com elas a comparação entre conjuntos, a classificação de seus elementos, a seriação entre eles.

Como fazer isso ?

Damos aqui o exemplo de um jogo para o trabalho com a classificação. Faça  aqui o  download do JOGO DO IGUAL E DO DIFERENTE e experimente com seus alunos ou com seus filhos em idade pré-escolar.

Depois comentem os resultados !

 

 

Júlia Eugênia Gonçalves
Júlia Eugênia Gonçalves
Psicopedagoga há 37 anos, com formação em mestrado pela UFF./RJ. Carioca, moro em Varginha/MG desde 1996, quando fui contratada pela UEMG para participar de um projeto de formação de professores, depois de ter me aposentado da rede pública federal, onde atuava como docente no Colégio Pedro II. Pertenci ao Conselho Nacional da ABPp de 1997 a 2010. Presido a Fundação Aprender, em Varginha, instituição pública de Direito Privado, sem finalidades financeiras e de utilidade pública.Atualmente tenho me especializado em EaD e suas interfaces com a Psicopedagogia.

4 Comments

  1. Fabiana disse:

    Valeu Julia!
    Abraços
    Fabiana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>