Postagens

21/08/2019
children-playing-334531_960_720

O brincar e a aprendizagem

A psicopedagogia tem se dedicado a estudar as relações entre o brincar e o aprender. O prof. Jorge Visca, em vários momentos de sua obra, registra […]
04/07/2019
dobble

Você Conhece o Jogo Dobble ?

O dobble um jogo que atrai e estimula porque permite trabalhar certas habilidades, sem que as pessoas as vejam como tarefas. Trabalha a atenção (seletiva, mantida […]
17/06/2019

Estimulação Cognitiva com o PEI

Aprender a aprender é uma necessidade humana neste momento em que vivemos. Mais do que saber, aprender é um processo que mantém o sujeito vivo e […]
08/04/2019
coelhos da páscoa

As crianças e a Páscoa

Datas comemorativas como a Páscoa são ocasiões que o comércio aproveita para lucrar ( o que é de sua natureza) e induzir o consumo de chocolates […]
18/01/2019
escrita

Crianças , Férias e Atividades de Escrita

Continuando a série de posts sobre como estimular as crianças com atividades que contribuem para seu desenvolvimento, trazemos agora sugestões de atividades com escrita. Podemos praticar […]
09/01/2019
férias

É Tempo de Férias !

É Tempo de férias … Descanse, divirta-se, brinque, vá para a piscina, fique com a família, vá ao cinema, ao parque, etc …. Apesar de não ser […]
29/11/2018
dxhprc1ugrkpqi6zkaiv1pnm7

Jogos Dramáticos em Psicopedagogia

Minha aluna Simone Aparecida Leite, do curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia( 2017/2018) na FAI- Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação – de Santa […]
08/09/2018
Dia-Mundial-da-Alfabetização-–-08-de-setembro

Dia Mundial da Alfabetização

Em 8 de setembro comemora-se o Dia Mundial da Alfabetização. Para os brasileiros uma data que marca um fracasso, pois temos mais de 11.500.000.000 de analfabetos […]
04/09/2018
Hight-Qualidade-Pequeno-Engra-ado-M-o-nica-Criativo-Crian-as-Eduactional-Brinquedo-Labirinto-De-Madeira

Somos Criativos

A criatividade é uma habilidade cognitiva. O ser inteligente é criativo. “Criatividade consiste em ver o que todo mundo vê e perceber o que ninguém percebeu” […]