As Férias terminaram: e a Escola de Seu Filho, como vai ?

As Férias terminaram: e a Escola de Seu Filho, como vai ?

5073552229

Se houvesse uma receita para avaliar uma escola em relação à sua  qualidade, ela teria três ingredientes essenciais: infraestrutura adequada,boa gestão e professores com boa formação.

15006459346A infraestrutura adequada diz respeito às instalações, condições de acessibilidade, turmas com poucos alunos ( no máximo 20 crianças ou jovens ). As escolas precisam de prédios bem projetados e limpos Se o espaço é mal cuidado, o prédio é vandalizado mais facilmente. Se tiver grades, a criança se sente insegura. Os prédios escolares mal planejados incentivam a timidez entre as crianças e a prática do bullying. Há também grande  importância da iluminação natural e a necessidade de haver variedade espacial para quebrar a monotonia. A criança que fica o dia inteiro na escola precisa de um espaço para descansar. A acústica de uma sala de aula se não for boa, o professor precisa gritar e fica rouco. Desse jeito o barulho vai se instalando aos poucos.

2098331968A boa gestão se expressa pela organização das atividades escolares, pelo projeto político pedagógico que inclua  além do currículo as  dimensões humanas, que seriam professores bem selecionados com uma proposta de carreira e dimensões simbólicas, como valores e costumes. A gestão deve investir na construção de relacionamentos de confiança entre os alunos, professores e o corpo administrativo. Não adianta o espaço ser lindo e a gestão e o currículo continuar atrasado. Desse jeito, vai ser apenas um presídio colorido. Notas, chamada, armário trancado, biblioteca fechada. Se o prédio for destinado a ensinar ordem e disciplina, ele estará falido. O edifício escolar moderno deve incentivar a convivência e a autonomia, desenvolvendo o protagonismo do aluno. Em um espaço mais calmo e agradável as pessoas vão se sentir em casa. A ideia essencial da gestão deve ser  tornar os ambientes de aprendizados um verdadeiro lar. A vida fora da escola é tão rica e quando a criança entra no espaço escolar é uma sucessão de “não pode”. Não pode brincar, não pode correr, não pode tirar o tênis, não pode subir na árvore… A boa gestão precisa pensar nisso !

httpA formação dos professores é fundamental para um ensino de qualidade. O professor precisa admitir que não sabe, para dar os  passos para se atualizar. A escola como o único `ambiente do saber`, como um conjunto de salas de aula, em que o professor ensina verticalmente um grupo de alunos, está com os dias contados. Por causa da tecnologia, os alunos hoje aprendem de uma forma muito diferente . Os conhecimentos são infinitos e transmitidos de forma horizontal. Por isso, é preciso repensar o modelo lousa-professor-aluno e o professor deixa de ser aquele que detém o conhecimento para se transformar em alguém que é capaz de selecionar o conhecimento relevante para ser apresentado, debatido e discutido com seus alunos.  O bom  professor. é aquele  que  não está mais sozinho e precisa aprender a trabalhar em rede.

Como já escrevi anteriormente, uma boa escola é aquela que valoriza o humano, que acredita no encontro e na troca entre pessoas e que propicia a realização do ser em toda sua complexidade.

Júlia Eugênia Gonçalves
Júlia Eugênia Gonçalves
Psicopedagoga há 37 anos, com formação em mestrado pela UFF./RJ. Carioca, moro em Varginha/MG desde 1996, quando fui contratada pela UEMG para participar de um projeto de formação de professores, depois de ter me aposentado da rede pública federal, onde atuava como docente no Colégio Pedro II. Pertenci ao Conselho Nacional da ABPp de 1997 a 2010. Presido a Fundação Aprender, em Varginha, instituição pública de Direito Privado, sem finalidades financeiras e de utilidade pública.Atualmente tenho me especializado em EaD e suas interfaces com a Psicopedagogia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>